fbpx

Seguro de Vida

Uma apólice de seguro de vida é essencial para qualquer pessoa. Uma boa estrutura é capaz de auxiliar você e sua família em qualquer situação inesperada.

Todo mundo conhece quem tenha ficado desamparado com um acidente ou morte precoce. Embora se trate de um extremo, a verdade é que ninguém está livre de tragédias ou infortúnios. Por isso, o ideal é saber como evitar e planejar as melhores consequências possíveis.

A contratação de um seguro de vida é uma forma de proteção

O que é um seguro de vida?

Quando se fala em contratar seguro de vida, muita gente fica em dúvida sobre o que isso significa na prática. Em uma definição bastante, se trata de um contrato entre uma seguradora e um segurado com objetivo de garantir um pagamento a beneficiários previamente escolhidos na ocasião de sua morte.

Esse contrato, porém, pode ter variações. Um seguro de vida familiar pode ter mais vantagens do que um seguro de vida para idosos. Os benefícios são calculados em uma simulação de seguro de vida ou cotação de seguro de vida, como o processo também é conhecido.

Quais são os tipos de seguro de vida mais comuns?

Cada apólice, seja de um seguro de vida barato ou com apólices mais caras, contempla diferentes situações. Há seguros de vida para morte acidental e morte natural, em apólices mais básicas.

No entanto, existem diferentes coberturas adicionais como: invalidez por doença funcional, enfermidades graves, incapacidade temporária, indenização especial por morte acidental, despesas médicas e odontológicas, falecimento de cônjuges.

Há ainda apólices que cobrem inclusive gastos com funerária. Tudo varia de acordo com o plano contratado.

Para ter o melhor seguro de vida, é essencial compreender que tipo de planejamento cabe no seu orçamento e características. O que não pode acontecer é ficar vulnerável e deixar entes queridos ainda mais frágeis por culpa de um acontecimento abrupto.

Perguntas frequentes

Tire suas dúvidas através dos campos abaixo ou envie-nos uma mensagem.
  • Quem pode ser beneficiário da indenização do seguro caso aconteça algum imprevisto?
    Em caso de invalidez ou doença grave, você será o beneficiário e poderá utilizar a indenização como bem entender. Em caso de falecimento, o valor da indenização vira um trunfo para seus herdeiros legais caso não tenha especificado o destino dos recursos em vida. Ou seja, é possível indicar quantas pessoas quiser para serem beneficiárias de uma % do capital contratado. Assim, a seguradora tendo este registro, poderá realizar o pagamento na conta corrente dos beneficiários sem que entre no inventário. É por isso que o seguro de vida é o primeiro pilar de um planejamento financeiro.
  • Sou jovem e o seguro de vida não cabe no meu bolso, tenho alguma alternativa?
    Segundo planejadores financeiros Certificados CFP®, o indicado para pessoas sem dependentes diretos (exemplo: filhos), é contratar apenas a cobertura de acidentes, que inclui Morte Acidental e Invalidez Acidental. Por sinal, são coberturas que têm um custo significativamente menor que o seguro de vida completo.
  • Quero contratar seguro de vida para toda minha vida, como me prevenir de reajustes?
    A única maneira é contratar um seguro de vida resgatável. Assim, na hora da cotação/contratação você especifica o prazo em anos de cobertura desejada (mínimo de 10 anos e máximo de 100 anos de idade). A partir daí, o prêmio mensal ou anual pago a título do seguro é reajustado apenas pela inflação. Nos contratos anuais (apólices de seguros de vida convencionais), o reajuste é feito por faixa de idade e pela inflação. Nesta modalidade de contrato não é possível prolongar o prazo de cobertura, por isso o ideal é definir a cobertura com alguns anos a mais. Além disso, o segurado terá direito ao resgate de parte dos pagamentos acumulados na cancelamento ou no fim do contrato, conforme o cálculo da cotação que enviaremos.
  • Como realizar o pagamento do seguro de vida?
    Com a modernização dos sistemas das seguradoras, o pagamento pode ser feito por cartão de crédito, débito automático ou boleto. Você pode pagar 1 vez por ano, ou mensalmente, como preferir.

Fale conosco